8 momentos em que você arrasou no treino

Em nossa pesquisa, realizada no início de 2016 a fim de desvendar a relação da mulher com a prática de atividades físicas, perguntamos de 1,5 mil mulheres: “Qual é a primeira palavra que vem à sua cabeça quando pensa em esporte?”. As respostas mais comuns entre a maioria foram os benefícios funcionais como saúde, bem-estar, equilíbrio, emagrecimento e um corpo bonito.

À primeira vista não há nada de errado com as respostas, principalmente considerando que a prática de esportes podem mesmo trazer todos esses resultados. A questão é que sentimentos como competitividade – o que pode ser uma coisa boa – ou simplesmente o prazer ainda não fazem parte da realidade da maioria das mulheres. Depois da infância e antes da velhice, a relação com atividades físicas, em geral, são permeadas por um sentimento de culpa, obrigação e mecanicidade.

Mas a Olga Esporte Clube está aqui justamente para mostrar que as coisas não precisam ser assim! Não existe regra que nos impeça de praticar esportes e aproveitar também seus benefícios intangíveis como a diversão, uma maior conexão com o próprio corpo, os laços de amizades que criamos com as amigas de treino, além daquele gás na autoestima sempre que vencemos alguma barreira, mesmo que seja pessoal.

Pensando nisso, destacamos momentos que podem ser incríveis na prática de esportes e que muitas vezes deixamos passar sem celebrar. Hora de valorizar o seu próprio desempenho:

1. Quando você sentiu que poderia correr mais um quilômetro… E correu mesmo!

1

 

 

 

 

 

 

Sem pressão, sem cobrança, sem insistência… Você teve um bom rendimento no treino e seu corpo mandou a mensagem que podia ir além – seja na corrida, na dança ou seja lá qual for sua prática de escolha – e você conseguiu! Com a confiança,lá no alto, fica muito mais fácil superar desafios.

2. Assim como quando você soube a hora de parar

2

Você evitou um inchaço desnecessário, um desconforto ou mesmo uma lesão pelo simples ato de ouvir o seu corpo (ou mesmo sua treinadora) sinalizando que era hora de parar e descansar. Fica a dica: nem sempre é preciso completar toda uma série para que o seu treino seja considerado um sucesso.

3. Aquela vez que você conseguiu imitar a performance da sua atleta favorita

3

Mesmo que tenha acontecido só na sua cabeça, já vale pela performance e pela confiança!

4. Quando você foi exemplo para uma colega do time

4

 

 

 

 

 

 

Às vezes você nem sabe o quanto inspira alguém apenas por estar ali praticando seu esporte favorito. Receber um elogio ou saber que você é alguém que uma de suas companheiras vê como um exemplo é muito inspirador!

5. Ou aquela vez que sua treinadora usou você como exemplo

5

Só não esqueça de manter a humildade lá no topo também!

6. O dia que você acertou aquele passe incrível

6

 

 

 

 

 

 

Você cruzou, sua amiga matou no peito, bateu pro gol e aí foi só correr pro abraço!
Além de fazer um passe caprichado (que obviamente também rola em outros esportes coletivos), você ainda vai pra casa com a sensação deliciosa de ter ajudado o seu time a avançar no trabalho em equipe.

7. Quando (mais uma vez!) você venceu a preguiça

7

Às vezes a sua cama e o botão de soneca do despertador podem parecer mais atraentes do que levantar cedo para se movimentar. Mas aí você, poderosa, supera a preguiça, levanta, vai pro treino e se dá conta de que sempre vale a pena . Nada como o poder da endorfina!

8. Sempre que você volta do treino toda endorfinada

8

 

 

 

 

 

 

“Estou suando como um porco, na verdade. E você?”.

Quando a endorfina toma conta, ninguém segura e o prazer de estar em movimento é a única coisa que importa – e te mantém energizada até depois do apito final.

Imagem: Shalita Grant

Deixe um comentário

Navegar