Sonhe grande: Uma carta aberta de Serena Williams para jovens mulheres

09-07-serena

Em uma carta aberta publicada no Instagram, a tenista americana Serena Williams falou sobre as barreiras de gênero que as mulheres enfrentam nos esportes e, principalmente, como combatê-las. Confira na íntegra o manifesto de uma das maiores atletas do mundo:

Para todas as mulheres incríveis que se esforçam em busca de excelência,

Quando eu estava crescendo, eu tinha um sonho. Eu tenho certeza que você também tinha um. Meu sonho não era como o de uma criança normal, meu sonho era ser a melhor jogadora de tênis do mundo. Não a melhor jogadora de tênis “feminino” do mundo.

Eu tive o privilégio de ter uma família que apoiou meu sonho e me encorajou a segui-lo. Eu aprendi a não ter medo. Eu aprendi o quão importante é lutar por seu sonho e, principalmente, sonhar grande. Minha luta começou quando eu tinha três e eu não fiz uma pausa desde então.

Mas, como sabemos, muito frequentemente as mulheres não recebem apoio suficiente ou são desencorajadas a escolher o próprio caminho. Eu espero que, juntas, possamos mudar isso. Para mim, foi uma questão de resiliência. O que os outros apontavam como falhas ou desvantagens para mim – minha raça, meu gênero – eu adotei como combustíveis para meu sucesso. Eu nunca deixei qualquer coisa ou qualquer pessoa definir a mim ou ao meu potencial. Eu controlei meu futuro.

Então, quando o assunto de equidade de salários aparece, me sinto frustrada porque eu sei de primeira que, como você, fiz todo o trabalho e todos os sacrifícios que nossos colegas masculinos. Eu nunca iria querer que minha filha recebesse menos que meu filho pelo mesmo trabalho. Nem você.

Como sabemos, mulheres precisam quebrar muitas barreiras no caminho para o sucesso. Uma dessas barreiras é a maneira com que somos constantemente lembradas de que não somos homens, como se isso fosse um defeito. As pessoas me chamam de “uma das maiores atletas femininas”. Elas dizem que LeBron foi “um dos maiores atletas masculinos”? Ou Tiger? Federer? Porque não? Eles certamente não são mulheres. Nós nunca devemos deixar isso passar sem questionamentos. Nós sempre devemos ser julgadas por nossas conquistas, não nosso gênero.

Por tudo que eu já conquistei em minha vida, eu orgulhosa e agradecidamente experienciei os altos e baixos que vêm com o sucesso. Tenho esperanças de que minha história – e as suas – venham a inspirar jovens mulheres a buscar por grandeza e seguir seus sonhos com firmeza e resiliência. Nós precisamos continuar a sonhar grande, e fazendo isso, empoderar a próxima geração de mulheres a serem tão corajosas quanto em suas buscas.

https://www.instagram.com/p/BNmYA6vAQUX/
Serena Williams.

Já somos fãs da Serena por sua grandeza nas quadras de tênis e também admiramos o seu posicionamento. A luta dela também é a nossa luta! 

Foto: theodysseyonline. 

 

Deixe um comentário

Navegar